segunda-feira, 25 de julho de 2011

Angústia e lamento


...e pressentindo que ele me foje...

quero dar-lhe as mãos,
apertá-lo contra o peito,
ensinar-lhe tudo o que sei,

mas não me deixam...

e eu que queria tanto
falar-lhe sobre as árvores...
Enviar um comentário