quinta-feira, 25 de março de 2010

Orgulho


Ver o alargar firme dos teus passos,
a impressão clara das tuas pegadas,
o sentido recto da tua existência,
a firmeza solidária das tuas mãos,
o sentido corajoso do teu pensamento.
a clara assunção das tuas raizes.

Por isso hoje o sol te brilha
e a lua te embalará.

E tudo apenas por ti
como que numa tradição maldita
de que todos nos orgulhamos.


Um beijo, filho!
Enviar um comentário